Vagas de Emprego para Jovens

De Norte a Sul do País o Programa Jovem Aprendiz Senai 2022 vem mudando a vida de jovens e adolescentes que buscam uma oportunidade de atuarem nas áreas que estudam tanto na graduação quanto nos cursos técnicos. Através das parcerias entre instituições de ensino e instituições públicas ou privadas são disponibilizadas para esses jovens milhares de vagas, diariamente.

Ficou interessado? Confira mais informações sobre o Jovem Aprendiz e veja como se inscrever.

Jovem Aprendiz Senai 2022

O programa Jovem Aprendiz Senai oferece oportunidades aos jovens brasileiros através da educação profissional voltado para qualificação para a indústria, envolvendo atividades práticas junto com o curso teórico. Em 2005 surgiu a iniciativa e desde então tem aberto as portas para milhares de jovens brasileiros, através da educação e capacitação desses jovens e adolescentes, o Senai acredita que é possível contribuir para o desenvolvimento do País como um todo, bem como o desenvolvimento das indústrias locais.

Para participar do Jovem Aprendiz Senai 2022 é preciso:

  • Ter entre 14 e 24 anos,
  • Está cursando o ensino fundamental ou médio;
  • Ou então ter concluído a educação básica.

A jornada de trabalho a mesma poderá chegar até oito horas diárias, dependendo do interesse o aluno e se o mesmo ainda estuda ou não. Por exemplo, se ainda estiver no ensino médio a carga horária deve ser no máximo de seis horas. Podem participar do projeto também pessoas portadoras de necessidades especiais, onde não é exigido realização de inscrições.

Senai

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) existe para aperfeiçoar os profissionais possibilitar que os mesmos contribuem para o crescimento industrial de todo o País, inserindo-os no mercado de trabalho de forma eficiente e dinâmica. O interessante é que o Senai disponibiliza vários cursos de forma gratuita, o que contribui o alcance de maior número de pessoas e interessados em conhecimento.

Inicialmente, a atuação do Senai se deu através de cursos realizados com habilitação para adultos, através de convênios com o Ministério da Educação. Com o passar dos anos o sistema foi se adaptando à qualificação de diversos profissionais e aumentando o número de cursos oferecidos, atualmente o Senai contribui também para o fortalecimento e desenvolvimento da indústria de todo o País, através da promoção de educação tecnológica, é considerada a maior instituição de formação profissional de todo território nacional.

Inscrições

Em cada região do País as inscrições Jovem Aprendiz Senai têm variação de período, por isso o recomendável é que os jovens e adolescentes interessados fiquem atentos a essas disponibilidades em seu estado e cidade, entrando sempre em contato com a instituição para saber sobre o período de inscrições. Quanto as inscrições e verificação das vagas disponibilizadas, os mesmos podem acontecer no site www.senai.br, ou no site do Senai no seu estado.

Para se inscrever no Jovem Aprendiz Senai 2020, o jovem e adolescente deve primeiro se atentar às exigências do programa, quanto a idade e a escolaridade exigidas, o formulário poderá ser preenchido ainda no site, informando os dados pessoais, dados de escolaridade e disponibilizando para qual área de atuação é o interesse, o processo seletivo dá preferência às pessoas de baixa renda.


Vestibular de Inverno PUC-PR

Acaba nesta sexta-feira, dia 14 de junho, o período de inscrições para o Vestibular de Inverno da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). As inscrições podem ser feitas até às 23:59 do dia 14, apenas no site www.pucpr.br.

As vagas são para os 22 cursos de graduação oferecidos pela instituição. As oportunidades foram divididas entre os campi de Curitiba, Londrina, Toledo e Maringá.

A previsão de realização das provas é o dia 23 de junho, em locais a serem definidos em momento hábil à aplicação das provas.

A taxa de participação é de R$ 90 e os candidatos de baixa renda poderão solicitar isenção desta cobrança. Para isso, é necessário comprovar renda inferior a 1 salário e meio por familiar.

O campus de Curitiba oferece vagas para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Comunicação Social (Jornalismo e Publicidade e Propaganda), Design Digital, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis.

Já o campus de Toledo oferece vagas para os cursos de Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Farmácia, Enfermagem, Engenharia Ambiental, Engenharia de Produção, Administração, Agronomia e Medicina Veterinária.

O campus de Londrina oferece vagas para os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção, Direito, Psicologia e Teologia.

Por fim, o campus de Maringá oferece vagas para os cursos de Administração, Agronomia, Farmácia, Psicologia e Medicina Veterinária.

Sabe-se que a PUC é uma ótima universidade, no entanto, suas mensalidades são altíssimas, se você não tiver condições de arcar com esses valores, pode realizar as inscrições Sisu 2020 para ter a chance de ingressar no ensino superior em uma universidade pública.

Para que você possa participar do Sisu 2020 é preciso ter realizado a prova do Enem e ter tido um bom desempenho. Você deve acessar o site do Sistema de Seleção Unificada e deve informar os seus dados corretamente, e depois duas opções de cursos, sendo que a primeira deve ser a mais desejada.

Depois de realizada a inscrição, você pode conferir o Resultado Sisu 2020 através do site do programa ou então através do telefone 0800 61 6161.


Hamburgueria do Grêmio Lança Cerveja Própria

A Hamburgueria 1903, rede de fast food oficial do Grêmio, acaba de lançar a Copera, uma cerveja de apelo gremista para a rede de franquias do tricolor. Destinada a todo e qualquer torcedor, a Copera é uma pilsen extra produzida pela Hunsrück, de Dois Irmãos/RS e traz as cores do tricolor no rótulo, além de imagens que remetem às maiores vitórias do imortal, time considerado como um dos mais “coperos” do continente.

A Copera Blue Label é a primeira de uma família que deve crescer ainda mais. Em breve, novos estilos devem completar o portfólio da distribuidora H3RTAV, idealizadora do rótulo e que já lançou a Avalanche, a Invencível e outras cervejas relacionadas ao futebol e outros esportes.

A cerveja terá venda exclusiva na Hamburgueria 1903 durante 30 dias. Após esse período, estará a disposição nas lojas especializadas de todo o RS.


Uma viagem cervejeira pela Europa

Sepp (Josef) Köpf, um alemão que vive no Brasil, nos enviou o relato de um tour pela Bélgica, Alemanha e Republica Checa, visitando cervejarias e explorando o que há de melhor na cultura destes países. Abra uma cerveja e boa leitura.

Rota de Cerveja – Bélgica – Alemanha – Republica Checa
Por Sepp (Josef) Köpf
Foram quinze dias passeando pela Bélgica, Alemanha e Republica Checa, países cervejeiros, passando por plantações de lúpulo, biergartens, provando cervejas premiadas, comendo as típicas comidas e se divertindo muito.

A viagem teve início em Frankfurt (tem voos diretos da Condor, TAM, TAP e Lufthansa) Transferimos no mesmo dia para D’Achouffe na Bélgica. Logo provamos uma especialidade na cervejaria, um Houblon Chouffe com 9%.

Chouffe_Houblon_2014

Na manhã do dia seguinte, visitei a cervejaria e participei de uma degustação. Depois fui para Rochefort (60 km), onde visitei o mosteiro Saint Remy para experimentar um original Trappister, uma das seis autênticas trapistas da Bélgica.

No final de tarde, cheguei na cidade de Namur, onde fiquei hospedado nas próximas duas noites. A cidade é famosa para comer e beber bem.

No terceiro dia, fui visitar vários lugares cervejeiros nos arredores e participei de uma degustação na cervejaria Bocq, que produz 8 tipos de cerveja, de 3,1% a 9,7%. Na cervejaria do mosteiro Maredsous tem o blonde de 6,2%, a brune 8,0% e a tripel de 10%. Ao fim, cheguei no mosteiro Floreffe, que tem 7 tipos, de 6% a 8,3%.

Bocq_1 Maredsous-10-Tripel2 0_floreffe_Floreffe Triple

No outro dia, saí depois do café de manha em direção à Alemanha, para a cidade de Köln (Colônia).

brauhaus-frühKONICA MINOLTA DIGITAL CAMERAkölsch 1

Primeiro destino foi a cervejaria Früh, uma das varias cervejarias que produzem o típico Kölsch, uma cerveja de fermentação alta, 4,8% muito fino de sabor, servido em copos pequenos de 200 ml, sempre fresco, uma delicia!

As cervejarias são sempre muito bem frequentadas, também por causa dos pratos famosos.

Na manhã do quinto dia, fui visitar a catedral antes de continuar a viagem para Bamberg (400 km).

AltesRathausBamberg Schlenkerla_Rauchbier greifenklau-schaufele-mit-bamberger-wirsing

O “Rauchbier”, a cerveja de sabor defumado, é o típico de Bamberg. A Schlenkerla já experimentei no Brasil, mas aqui direto do barril faz diferença.

Fiquei na cidade mais um dia, visitei a parte histórica e as cervejarias. Tem nove no centro da cidade.

No outro dia, fui a Kulmbach, apenas 70 km, para aprender no maior museu de cerveja do mundo sobre nossa bebida preferida.

Numa área de exposição de mais de 3.000 metros quadrados, pude experimentar em primeira mão a história e a arte de produção da cerveja. Desde os antigos egípcios, aos romanos e os celtas, o caminho da cerveja segue para os monges medievais. Soube como a industrialização revolucionou e racionalizou a cultura cervejeira, e que a produção da cerveja ainda é – apesar de toda a tecnologia – uma arte.

Passei na cidade de Bayreuth, para chegar em mais 60 km em Windischeschenbach. Nome dificil…

Estava na “Deutsche Bierstrasse”, a Rota da Cerveja da Alemanha, com umas 200 cervejarias produzindo mais de 1000 tipos de cervejas.

Em Windischeschenbach, encontrei a “Zoiglbier” . Este tipo da cerveja é feita de acordo com a tradição germânica medieval, totalmente artesanal, de baixa fermentação. A cerveja tambem não é filtrada, por isso a apârencia é “nublada”. É bom acompanhar com uma “Brotzeit”, (prato de frios da região).

No oitavo dia, continuei minha viagem até Pilsen, na República Checa. Chegando lá, fui logo para a cervejaria Pilsner Urquell. Participei do tour pela cervejaria e tomei uma na Bierstube.

Na manhã do outro dia, fiz um passeio pela cidade histórica antes de continuar a viagem a Budweis.

Desfrutei a cervejaria Budweis com o tradicional restaurante, a “Bierstube”.

No décimo dia da viagem, pela manhã, passei ainda pelo lindo centro da cidade histórica de Budweis e depois continuei a volta para a Alemanha, mais exatamente para a cidade de Regensburg, na beira do rio Danúbio. Cheguei no final da tarde.

Me indicaram a cervejaria Kneitinger, para experimentar a “Edelpils”… Valeu.

Fiquei mais um dia em Regensburg, uma das cidades mais antigas e belas da Alemanha. Fiz um passeio pela parte histórica, comi deliciosas salsichas na Wurstkuchl, depois saí para um passeio de barco, até chegar ao mosteiro Weltenburg.

A Cerveja Weltenburger Kloster Barock Dunkel foi vencedora em 2004, 2008 e 2012 do World Beer Awards sendo a melhor cerveja Dunkel do mundo.

Tivemos um tempo para aproveitar o esplêndido local, experimentamos a Dunkel e visitamos a bela igreja do mosteiro, além de degustar as deliciosas especialidades bávaras.

Foram apenas 70 km para chegar em Holledau no próximo dia. É a maior área de cultivo de lúpulo do mundo (17.800 hectares) e produz 35% do lúpulo mundial. Mas no caminho, na Rota do Lúpulo, passei ainda no Hundertwasserturm, uma homenagem à cerveja, criado pelo famoso artista moderno Friedensreich Hundertwasser.

O museu de Lúpulo oferece vários seminários onde podemos aprender e entender de lúpulo.

Cervejas da Bavária premiadas no mundo
O Mundo da Cerveja
Lúpulo – Alma da Cerveja
Cerveja e Queijo
Cerveja e chocolate
Cervejas históricas
Cervejas da Bélgica
Cervejas da Inglaterra
Cervejas especiais da Região
Cerveja orgânica
Cervejas nobres
Fiquei hospedado em Wolnzach, ao lado do museu.

Agora faltou somente uma pequena distância no dia seguinte para chegar em Munique, cidade mais que ligada que qualquer outra à cerveja.

Comecei no famoso Augustinerkeller, com um tour pelos jardins de cerveja.

bild masskrug biergarten Biergarten bedienung 3 Mädl Mass

Uma Frisch Mass, uma caneca de um litro, bem fresquinho do barril da lenha, uma brezel e uma Schweinshaxe (joelho de porco), este é a alimentação típica nos biergartens.

No último dia da viagem, aproveitei para fazer um passeio espetacular nos castelos do rei Ludovico II e claro que também passei numas cervejarias.