Way Beer apresenta seu Crowler no Festival Brasileiro

Produto inédito no Brasil, lançado no último mês de janeiro, vai permitir que o público leve chopes da cervejaria paranaense para casa

A partir desta quarta-feira (09), a cidade de Blumenau vai receber o Festival Brasileiro da Cerveja 2016, o principal evento de cervejas artesanais do Brasil. O evento, que se estende até o próximo sábado (12), contará com mais de 100 expositores nacionais e internacionais, entre eles a cervejaria paranaense Way Beer, um dos grandes destaques do mercado brasileiro nos últimos anos.

Além de reunir as principais cervejarias artesanais do Brasil e diversas marcas do exterior, atraindo um grande público, o Festival Brasileiro tem uma importância histórica para a Way Beer. Foi lá que, em 2010, a cervejaria teve o início de sua história. Na edição de 2016, a Way Beer vai desembarcar em Blumenau com 26 rótulos, sendo alguns de linha e muitos sazonais: Sour Me Not Caju, FarmHouse Gabiroba, FarmHouse Butia, Brett Ipa, Gose, Eat My Berries, Imperial Mangue Stout, Dry Hopped Berliner Weisse, Sour Barley Wine, Amburana Barley Wine, Purple High 5, Triple Wood Aged e Saison Red Wine Barrel Aged.

Além de serem consumidas no local, as cervejas da Way Beer poderão ser levadas para casa no pioneiro Crowler da empresa. O produto é uma embalagem descartável de 1 litro que permite que as pessoas levem embora uma bebida de alta qualidade. “Colocamos nossa energia e paixão para fazer as melhores cervejas artesanais, e queremos dar aos nossos consumidores a melhor experiência possível. Com os Crowlers, nossos clientes têm a oportunidade de desfrutar dos nossos chopes em qualquer momento de maneira rápida e prática”, explica Alessandro Oliveira, sócio-proprietário da Way Beer.

Com capacidade para 1 litro, os Crowlers são leves, práticos e inquebráveis, podendo ser carregados para qualquer lugar e armazenados em refrigeradores e caixas térmicas. Para garantir a qualidade da cerveja, o interior dos Crowlers é revestido com polímero a base de água, não permitindo que metais interfiram nos sabores únicos da cerveja. “Além disso, eles são feitos a partir de material reciclável. Na hora de descartar, basta colocar ele vazio na lixeira própria, sem necessidade de uma esterilização”, completa Oliveira.

[P+G Comunicação Integrada]
sponsorpatreonPUBLI